sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

A Torre de Babel - O Orgulho: Causa da Queda da Humanidade

Curso Bíblico Infantil "Palavra de Deus"
Estudo da Bíblia Sagrada
Querido, 

Que bom que você tem buscado na Palavra do Senhor o alimento para a sua alma. Como disse Jesus: “[...] nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus” (Mt. 4:4). Quanto mais conhecimento, mais fortalecimento espiritual, mais fé, conforme está escrito “[...] a fé vem pela pregação e a pregação vem do evangelho de Jesus Cristo (Rm. 10:17). Diz ainda o Senhor Jesus, “se alguém me ama, guardará a minha Palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada (João 14:23). Portanto queridos, busque na Palavra do Senhor o roteiro seguro para Ele. Não se desvie de seus caminhos, permaneça firme porque Ele é fiel (Nm. 23:19), fiel para cumprir em sua vida os seus propósitos.
Sejamos sábios, alimentemo-nos todos os dias da Palavra do Senhor.                                                                                                 Profª Sônia

A soberba precede a ruína e a altivez do espírito precede a queda” (Pv. 16:18).
  
Reflexão sobre o Tema
Mais uma vez os planos de Deus para com a humanidade se frustraram. O ser humano teve, na descendência de Noé, a oportunidade de ser um povo feliz, se vivessem na obediência. Porém, escolheram o caminho da vaidade e da soberba.  Essa escolha acarretou graves conseqüências. Agora falando línguas diferentes, distantes uns dos outros, seria mais difícil o agir de Deus. Seria preciso uma longa trajetória para que houvesse uma unificação do povo escolhido para acolherem aquele que viria, verdadeiramente, trazer a salvação para todos nós, Jesus Cristo.


PLANO DE AULA  
Tema: Torre de Babel – O Orgulho: Causa de Queda da Humanidade
Versículos Bíblicos:  Gênesis 11:1-9; Pv.  16:18; 29:23; Mt. 23:12; Is. 11:19.
Versículo para Decorar:A soberba precede a ruína e a altivez do espírito precede a queda” (Pv. 16:18).
Objetivos: Que as crianças compreendam: que o orgulho é um sentimento de vaidade humana que nos distancia de Deus porque evidencia o nosso “eu”;  Que devemos elevar o nosso pensamento para adora-Lo e glorificá-Lo.; Todas as coisas devem ser por Ele e para Ele.  

Procedimentos
Reunir em círculo ou semi-círculo, iniciar a aula com uma dinâmica onde em duplas, deverão erguer uma torre, cada um com objetos diferentes, como palitos de picolé, caixas de diferentes tamanhos ou outros objetos disponíveis. Deixá-los envolvido com suas construções até que as mesmas desmoronem. O tempo disponível para essa atividade deve ser no máximo de 05 (cinco) minutos. Em seguida, questionar sobre o que sentiram enquanto erguiam a torre e quando ela caiu. Verificar quais os sentimentos envolvidos na situação. Não tecer nenhum comentário a respeito, deixando-os para o final, quando finalizar o tema. Utilizar, também o dicionário para a localização do significado de palavras como  orgulho, vaidade e soberba .

Contação da História
Narrar a história conforme consta na bíblia, adequando a linguagem ao nível de entendimento do grupo. Suscitar questionamentos no decorrer da narrativa a fim de envolvê-los.

Introdução:
Conforme está escrito em Gênesis 11:1-9, Noé e seus familiares haviam se instalado em lugar seguro, conforme havia ordenado o Senhor, cresceram e se multiplicaram. Construíram uma cidade chamada Babilônia (Báb-ilim, ou Bâbili, em babilônico que significa “Porta de Deus”) . Todos falavam a mesma língua. No decorrer de 120 (cento e vinte) anos pós-dilúvio, muitas mudanças ocorreram. Motivados pelo orgulho, se reuniram, para construir uma gigantesca torre cujo propósito era eternizar os seus nomes. Aquela construção gigantesca representava a ostentação, o poder e a vaidade.  Queriam alcançar o céu, não para estarem mais próximos de Deus, mas para competir com Ele, mostrando que poderiam também fazer coisas grandes, queriam alcançar o céu por si mesmos. Deus não se agradou do que viu (Mt. 23:12), destruiu a torre (Is. 11:19), para que não mais se reunissem para maquinar o que não era bom aos seus olhos, confundiu suas línguas e cada um passou a falar um idioma diferente, não mais havendo entendimento entre eles. Assim, foi a origem do nome dato aquela torre “Babel”, que em hebraico significa confusão. Por não se entenderem mais se espalharam por vários pontos da terra, sendo este o início de várias culturas diferentes espalhada pelo mundo.

Contextualizando a História
Trazendo essa história  para o contexto atual, podemos perceber que ainda há muitas Torres de Babel à nossa volta. Muitas das vezes, até mesmo nós nos envolvemos, direta ou indiretamente na construção desses suntuosos monumentos de adoração, não a Deus, mas à nossa pura vaidade, ao nosso “eu”. Quantos livramentos temos tido pela misericórdia do Senhor, quantas vezes Ele tem estendido Suas mãos sobre nossas vidas para nos abençoar, nos oportunizando sempre um recomeço e mesmo assim, continuamos a agir de forma contrária aos seus ensinamentos.  Esse é o  fruto do pecado que ainda precisa ser extirpado dos nossos corações. Se assim não o fizermos, continuaremos nos individualizando, cada um vivendo no seu mundinho particular, cada um falando uma linguagem diferente, até mesmo dentro de uma mesma família. O  Senhor quer mudar essa longa história para que ela tenha um final feliz. Você quer fazer parte dessa história? É fácil, faça você a diferença ai mesmo no lugar onde você está, junto às pessoas com quem você convive. Fale de Jesus, do jeito que você o conhece. Dê o seu testemunho de que Ele mudou a sua vida. Mas lembre-se, muito mais importante do que falar é agir de conformidade com o que se fala. Um bom exemplo  é muito mais eficaz do que mil palavras esvaziadas de significado.  Amém!

Recursos
Bíblia, vídeo de animação temática, computador, música, roteiro de pesquisa (xerox), dicionário, desenhos para pintar.

Roteiro de Pesquisa – A Torre de Babel

1)   Consulte a Bíblia em Gn. 11:1 e responda: Havia diferentes idiomas entre os povos?
2)   Como se chamava o local onde os descendentes de Noé se instalaram no pós-dilúvio?
3)   Posteriormente esse local ficou conhecido como?
4)  Qual foi a motivação desse povo na construção da torre que pretendia alcançar o céu?    (Gn. 11:4)
5)  No Vs. 3, há evidência de que falavam por si mesmos e não em obediência a Deus. Que fala é essa?
6)  O Senhor não se agradou em ver a construção da torre porque conhecia os seus corações. O que ele fez em repreensão a essa ação? (Gn 11:7-8)
7)  Qual foi a segunda medida tomada por Deus? (Gn. 11:8)
8)   Qual foi o nome dado à torre construída e qual o significado desse nome? (Vs.9)
9)  A dispersão dos povos deu origem a ...?

Fotos da aula



 Obrigado Senhor!

Um comentário:

  1. Muito Bom ! Obrigado pelos versículos me ajudaram muito... :D

    Deus Te Abençoe '

    ResponderExcluir