segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Evangelizar é Preciso!



Reflexão de um Ano de Trabalho para Cristo





Este ano para nós do Curso Bíblico Infantil  Palavra de Deus foi de muita alegria e gratidão a Deus, por nos conceder o privilégio de  trabalharmos na Sua seara. Este trabalho de evangelização tem proporcionado a muitas crianças a oportunidade de conhecer a Mensagem de Deus através de estudo sequencial da Bíblia que acontece todos os sábados pela manhã em um local especialmente preparado para esta finalidade. Quando olhamos para trás, vemos que é só Deus para fazer algo tão lindo, tão maravilhoso quanto  o que foi feito até aqui, no tocante a este trabaho. Ao iniciarmos o Curso, tínhamos apenas o desejo de fazer a obra e algumas crianças que manifestaram o desejo de conhecer melhor a Palavra de Deus. 

Na época, embora congregássemos em outro ministério, em local distante, o Senhor nos  abriu as portas de uma  unidade da Assembléia de Anápolis,  Igreja localizada nas proximidades, onde residem as crianças e lá começamos e estamos até hoje, realizando com muita alegria no coração esse trabalho que para nós é extremamente gratificante.

Quando Deus quer realizar algo, não há barreiras e nem convenções humanas capaz de barrar o Seu projeto. Talvez cause  estranheza para alguns o fato de atuarmos dentro de um  outro Ministério,  mas é Deus quem assim o quis. E ele tem nos abençoado grandemente.

As crianças atendidas nesse projeto têm entre seis  e doze anos e são oriundas de  lares não evangélicos. Em alguns casos,  a própria família, por falta de entendimento acaba dificultando a caminhada dos mesmos.

Eu e meu esposo vamos de casa em casa para trazê-los e os levamos de volta a seus lares posteriormente às aulas. As vezes  o carro não comporta tantas crianças e temos que fazer duas ou três viagens. Mas é gratificante, não só pela alegria contagiante que eles demonstram sentir ao se deslocar para a Igreja, como também pela seriedade e amor que dedicam ao estudo da Bíblia.

Fiquei emocionada quando ouvi da boca de um dos meninos, de apenas nove anos, que na véspera da aula ele mal dormia de ansiedade e, tão logo amanhecia, segundo o que disse, já se colocava de pé e se arrumava, e ali ficava sentado, às vezes até cochilando aguardando a nossa chegada. Isso é lindo de se ouvir.

Muito tem se falado em missões pelo mundo afora. Mas, infelizmente, o foco nem sempre tem sido as crianças. Elas estão ávidas pela presença de Deus em suas vidas e não oferecem resistências ao ensino Bíblico, mas não há quem faça a mediação desse conhecimento, principalmente se estão fora da Igreja. Onde estão os missionários e pastores de crianças? 

Dentro das Igrejas, nem sempre há estruturas apropriadas para a realização de um bom trabalho e também, de pessoas preparadas. O que acontece, na maioria das vezes, é que o trabalho de evangelização se confunde com a tentativa de distrair as crianças para não atrapalharem o culto.

Essas crianças, na maioria crescem sem a devida formação bíblica e sem temor à Deus e quando chegam à adolescência, não raras vezes,  são “tragadas” pelo mundo e o processo de evangelização se torna mais complicado. Algumas estão com um pé na Igreja e outro lá fora. Essa realidade, certamente irá refletir de forma negativa para a Igreja.

E quanto às crianças que estão fora da Igreja, qual tem sido o investimento das Igrejas no sentido de evangelização? Os poucos trabalhos existentes não suprem a demanda que é grande.

Sempre que inicia um novo ano, nós projetamos o nosso futuro e desejamos obter vitórias em muitas áreas de nossas vidas. Isso é absolutamente normal, saudável  e necessário. No entanto, não nos esqueçamos de perguntarmos a Deus qual o Projeto dEle para nossas vidas, porque Ele, certamente os têm (Jr. 29:11),  mas precisamos nos colocar no centro de Sua vontade para que esses sonhos se concretizem. Quem sabe você não seja alguém escolhido por Deus para realizar um trabalho semelhante ao nosso?

Quero finalizar agradecendo a Deus sobretudo, por tudo o que tem feito em nossas vidas e em nosso ministério. Agradecemos a todas as crianças e a seus pais por fazerem parte dessa história tão linda que Deus está escrevendo e da qual fazemos parte.

Um Feliz Ano Novo a todos vocês que participaram direta ou indiretamnte dessa história, incluindo você que tem nos acompanhado pelo nosso Blog (www.cursobiblicoinfantil.blogspot.com). Desejamos a todos um ano cheio de paz e alegria em seus corações, sabendo que a verdadeira alegria vem do Senhor (Ne.8:10).

Que haja em sua vida um despertamento para a mensagem do Senhor e que este ano você se proponha a um estudo mais aprofundado da Bíblia para ser aperfeiçoado e, “perfeitamente instruído para toda boa obra” (2Tm.3:17b). E que Deus nos dê sabedoria para administrarmos o conhecimento para a propagação do Evangelho.

Amém queridos, e que Deus abençoe ricamente suas vidas!
                                                                                                                                                                              
Irmã Sônia e Irmão José
Secretária EBD e Secretário Missões
ASSEMBLÉIA DE DEUS MISSÕES
ADM-Lar do Trabalhador - Setor 10


















Obrigado Senhor!

"Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz para o meu caminho." (Salmo 119:105)



sábado, 8 de dezembro de 2012

A Palavra de Deus – Uma Mensagem Transformadora


“Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho” (Sl.119:105)
Reflexão Sobre o Tema
Se alguém disser que conhece a Deus e não guarda os seus mandamentos está certamente mentindo (1Jo.2:4). Conhecer implica em aprofundar no conhecimento. Como então dizer que amam a quem não conhecem? É um tanto quanto incoerente esse posicionamento. 

Conhecer alguém requer uma proximidade que leva à intimidade com a pessoa. Nessa relação surge o conhecimento exato da essência verdadeira do que constitui o pensamento do outro, sem interferência de meras  impressões ou idéias pré-concebidas.

Essa intimidade também é necessária para com Deus. Não basta conhecê-lo por intermédio de outra pessoa, é preciso que haja um esforço pessoal no sentido de aproximação.

Conhecer a Deus implica em primeiro lugar, conhecer o seu pensamento, a sua mensagem que está contida na Bíblia. A intimidade com Ele vem por meio da oração contínua e adoração.

Quanto mais cedo uma pessoa conhecer a Bíblia, melhor será o seu relacionamento com Deus e menos resistência oferecerá ao processo de transformação necessária ao seu crescimento espiritual. Por esta razão, o trabalho de evangelização é de suma importância.

O trabalho de evangelização de crianças não deve ser visto como  mera distração para que as crianças não perturbem o culto ou para que apenas se divirtam. As Igrejas devem se estruturar para que o alimento adequado chegue até elas a fim de que não se tornem anêmicas ou desnutridas espiritualmente. Esse trabalho deve ser estendido também, às crianças que estão fora da Igreja, numa proposta missionária, não nos esquecendo de que as crianças de hoje serão os adultos de amanhã. Amém, irmãos!


Aula Especial de Aniversário: 
 Curso Bíblico Infantil Palavra de Deus
1 ANO

  
Obrigado Senhor!

 PLANO DE AULA

Tema: A Palavra de Deus – Uma Mensagem Transformadora
Texto Base: Salmo 119:105

Versículo para Memorizar: “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho” (Salmo 119:105).

Objetivos

Evidenciar aos pequeninos a importância do estudo da Bíblia para se compreender a mensagem de Deus; Apresentar a Bíblia como o alimento espiritual necessário para o crescimento do crente.   

Introdução

Quando se deseja chegar a algum lugar, não importa onde seja, há que se elaborar um percurso, de se traçar um plano mental a fim de viabilizar o trajeto. No que diz respeito ao Reino de Deus, muito mais ainda temos o compromisso de nos preparar. A Bíblia é o mapa seguro ou GPS, que nos direciona, nos mostra o caminho mais rápido e seguro, e o caminho é Jesus. Ele mesmo disse e afirmou que não há como chegar ao Pai se não for por meio dEle ((Jo.14:6). Portanto, conhecer o caminho (Jesus) elimina os desvios de percurso e todo desgaste (sofrimento) desnecessário. Por esta razão, conhecer a Palavra de Deus é absolutamente necessário.

Aula Especial de Ação de Graças por um ano de Estudo Bíblico

Em tudo devemos gratidão a Deus (1Ts:5:18). Esta é uma aula especial de ação de graças por tudo o que o Senhor tem feito em nossas vidas. A Ele seja a honra e a glória, pelo sucesso de um ano de trabalho direcionado ao público infantil.

Durante este período, muitas crianças passaram por nós. Algumas estão conosco desde o início, outras vieram e se foram, e outras tantas vieram ao longo desse período. Mas estamos felizes porque sabemos que nenhum trabalho é em vão na obra do Senhor.
  
Segundo Paulo, em sua carta aos coríntios, uns plantam outros regam, mas o crescimento é Deus quem dá (1Co.3:6). Muitas vezes, não temos a oportunidade de observarmos os frutos do nosso trabalho, mas sabemos que a Palavra de Deus uma vez lançada, não volta vazia, antes, porém,  cumpre os seus propósitos (Is.55:11).

Ficamos felizes com a presença de alguns irmãos queridos que partilharam conosco desse momento tão especial com lindos cânticos. O nosso agradecimento a Deus nos leva a adorá-lo e, assim, como diz a Palavra  “tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor (Sl.150:6a).

Procedimento



Importância do Estudo Bíblico


Levá-los a compreender a necessidade de um planejamento em relação a tudo o que diz respeito à nossa vida. Muito mais ainda no tocante a nossa vida espiritual. Assim como nos programamos para uma viagem, levando conosco um GPS ou um mapa rodoviário para evitarmos desvios desnecessários, assim, também, temos que nos preparar para o nosso encontro com Jesus, na glória.

A Bíblia é o Roteiro Seguro para o Céu

A Bíblia é o roteiro mais seguro para traçarmos as metas para essa caminhada. Jesus nos disse; “Eu sou o Caminho a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai senão por Mim” (Jo.14:6). Por isso, aqueles que insistem em seguir sua caminhada sem esse direcionamento se desviam dos propósitos de Deus em suas vidas e encontram grandes dificuldades durante o trajeto, muitas vezes ficando á beira do caminho.

A Maior  Prova de Amor de Deus por Nós

Mas o amor de Deus jamais nos desampara. Ele nos socorre sempre que oramos a Ele e clamamos o Seu socorro. O Seu amor é tão grande que Ele deu seu único Filho, Jesus, para morrer por nós (Jo.3:16; Rm:5:8), para nos resgatar de um vida de pecados e escravidão e nos libertar, para termos o direito de adorar ao Senhor nosso Deus, único e verdadeiro (Sl.95:6).

Enquanto ainda na condição de homens naturais (origem adâmica), não conseguimos distinguir as coisas espirituais porque o Espírito de Deus ainda não está em nós e por esta razão, nos conduzimos como cegos.

Nossa Liberdade Teve um Preço


Jesus verteu seu sangue na cruz para conceder a nós pecadores o direito de sermos  livres e aceitos como Filhos de Deus (Rm.8:16; Gl.4:4). Uma vez restaurada a comunhão com Deus, o Espírito Santo coloca em nossos corações o desejo de conhecer a Bíblia. Ao nos debruçarmos no estudo da Palavra,  a mensagem de Deus nos é revelada para que sejamos impelidos a mudar os nossos padrões espirituais até a “estatura de varões perfeitos” (Ef.4:13-14).

Soldados de Cristo

Ao ingressarmos no exército de Cristo, ganhamos um adversário, que “anda ao nosso derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar”(1 Pe.5:8). Por isso temos que estar revestidos de todo poder para combater o mal, sabendo que as lutas são espirituais e que, portanto, precisamos das “Armaduras de Deus” (Ef.6:10-18), para nos defender.

Armaduras de Deus

O conjunto dessas armaduras requer o capacete da salvação, o escudo da fé, o cinturão da verdade (Jesus) e a espada do Espírito ( Palavra de Deus) e sandálias da paz (disposição para levar o Evangelho a todas as criaturas). 

A Manifesta Atuação das Trevas

Isaías, Deus manifesta a sua condenação àqueles que não têm temor a Ele e que praticam, deliberadamente, todo tipo de iniquidade, não oferecendo resistência ao mal, antes, tentando fazer crer que o mal que praticam é normal,  é natural.  Nessas pessoas há a manifesta atuação das trevas (Is.5:20). Por isso, temos a recomendação expressa: “afaste-se da iniquidade todo aquele que confessa o nome do Senhor” ( 2Tm.2:19b).  
Quando criou o mundo, Deus não fez desaparecer as trevas, apenas fez a separação entre luz e trevas (Gn.1:4). Assim, também, Jesus pediu ao Pai que não nos tirasse do mundo, mas que nos livrasse de todo o mal (Jo.17:15). Disse ainda o Senhor: “eis que as trevas cobrem a terra, e a escuridão, os povos; mas sobre ti aparece resplendente o Senhor, e a sua glória se vê sobre ti" (Is 60.1-2).

A Luz do Entendimento

O Salmista compara a  Bíblia como sendo  lâmpada para nossos pés (Sl.119:105) e luz para nossos caminhos. Quem está na luz, não erra o caminho e as trevas se dissipam. Precisamos conhecer a Palavra para não nos desviarmos do caminho que nos levará à Deus.
Somos Reflexo da Verdadeira Luz
Somos como a Lua, que embora não tenha luz própria, reflete a luz do Sol. Assim também sucede conosco, não somos nada sem Jesus. Ele é a “verdadeira luz do mundo” (Jo.8:12). Desta forma, compreendemos que se permanecermos fiéis a Ele, na obediência, por mais que militem as trevas, o maligno não nos poderá alcançar  (1Jo.5:18b).  
Observância à Palavra
Devemos, porém, estar em constante oração e vigilância (Ef.10:18), nisso observando a Palavra do Senhor que para nós deve ser como um espelho o qual nos permite ver o quanto ainda somos imperfeitos e o quanto ainda temos que melhorar.

O Alimento Espiritual
 
O crescimento espiritual se dá à medida que nos alimentamos adequadamente. Assim, como necessitamos do alimento físico para sobrevivermos, também necessitamos do alimento espiritual para nos fortalecermos na fé, conforme está escrito: “a fé vem pelo ouvir, e o ouvir a Palavra de Deus” (Rm10:17).

Sabendo dessa necessidade espiritual Pedro incentiva os novos convertidos quando diz: ”continuem a crescer, na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”( 2Pe.3:18). O conhecimento espiritual não pode ser compreendido senão pelos olhos da fé. Por isso precisamos da intervenção do Espírito Santo.

 O Lugar Certo Para Guardar a Palavra de Deus

A Bíblia não deve ser guardada em um canto qualquer da nossa casa, mas, em nosso coração, conforme o salmista diz: “guardei a tua Palavra no meu coração para não pecar contra ti (Sl.119:11).  Jesus disse: “Se alguém me ama, guardará a minha Palavra” (Jo.14:23).
.
Conclusão

O estudo da Bíblia é de fundamental importância para todos quantos desejam conhecer a Deus, verdadeiramente e crescer na graça e no conhecimento (2Pe.3:18). Na graça porque sem a unção do Espírito, o conhecimento se torna intelectualista e não traduz a essência da mensagem de Deus.

A criança que é instruída na Palavra,  aprende desde a mais tenra idade  o caminho certo e dele não se desviará mesmo na sua velhice (Pv..22:6). Por esta razão, toda Palavra lançada nessa seara será proveitosa. Nisto recai uma grande responsabilidade   sobre os que atuam na evangelização infantil.